Ela faz sexo! Que engraçado.

sexoelafaz

“Olha a página 14” – sussurrava alguém durante a aula de ciências – e em poucos instantes a sala toda estava rindo das ilustrações representando corpos humanos desnudos. A gente achava graça de ver desenho de pintinho e de peitinho. A gente morria de rir quando a calcinha da colega aparecia. A gente tinha 12 anos.

“Olha a foto e o vídeo que eu recebi” – envia alguém pelo celular – e em poucos instantes a cidade inteira já sabe que a fulana de tal do curso X da faculdade Y foi gravada fazendo sexo. A menina vira motivo de piada, é chamada de vadia, de estúpida, de safada. A menina. Do menino ninguém ouve falar. O cara compartilha um momento íntimo com toda a população e a errada da história é a menina. Sempre a menina. Ninguém mandou fica pelada na webcam/ gravar um vídeo se masturbando/ fazer sexo em frente as câmeras. Ninguém mandou confiar no rapaz. Burra. Bem feito.

E, nossa, que engraçado! Essa menina faz sexo! Que coisa mais surreal! Como ela tem coragem? Ela faz oral. Que nojo! Ela dá o cu. Que puta! Eu teria vergonha. Onde já se viu… Sexo só depois do casamento. De câmera desligada e de luz apagada. E olhe lá.